Os dois

01/01/2011 00:00

 

Um
Fechado
Seco
Fisga de anzol
Seta
Ponta de arpão
Anguloso
Ímpar
Dois
Amável
Sorriso
Expansivo
Traços delicados
Metade de coração
Par
Um, sozinho
Doze
Um encontra o dois
Dois, sozinho
Vinte e um
Unem-se os dois
A dividi-los
Um universo de frações
Mas seguem juntos
Companheiros
Mãos dadas
Inseparáveis
Pela eternidade
Ou até depois
Um, dois
Eu, tu,
Nós dois.

 

 

Copyright © Escritor Alcione Sortica. Todos os direitos reservados.